sábado, setembro 10, 2011

Sou...


... uma pequena "garotinha" que aprendeu que os amores eternos podem acabar numa noite. Que grandes amigos podem se tornar ferrenhos inimigos. Que o amor sozinho, não tem a força que eu imaginava. Que ouvir os outros é o melhor remédio, mas ao mesmo tempo, o pior veneno. Que nunca conhecemos uma pessoa de verdade, porque afinal, gastamos uma vida inteira para nos conhecermos a nós próprios. Que confiança não é uma questão de luxo e sim, de sobrevivência. Que os poucos amigos que te apoiam na queda, são muito mais fortes do que aqueles que te empurram. Que o nunca mais nunca se cumpre. Que o para sempre, sempre acaba. Que uma família com as suas mil e uma diferenças, está sempre aqui quando precisamos. Que nunca inventaram nada melhor do que o colo da mãe, desde que o mundo é mundo. Que eu vou sempre me surpreender, seja com os outros ou comigo mesma. Que vou cair e levantar-me milhões de vezes. E ainda assim, não vou ter aprendido tudo !

Boa noite *


9 comentários:

  1. Adorei tens toda a razão ...lindo bx

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão há que viver e pensar em curto prazo. Está um texto muito bem escrito.
    Beijoca

    ResponderEliminar
  3. muito sentido! e sabes, concordo contigo... ainda hoje, o colo da mãe... =)

    ResponderEliminar
  4. Pipoca - é verdade, linda. Nós é que temos a mania de pensar no amanhã e esquecemos-nos de viver o hoje

    ResponderEliminar

Seguidores

Subscreve-me por mail